2 de julho de 2022
HomeReligiãoNovo filme da Disney é banido em 14 países por beijo lésbico

Novo filme da Disney é banido em 14 países por beijo lésbico

Relacionados

Pai de Klara Castanho se pronuncia sobre decisão da filha

Claudio Castanho, pai da atriz Klara Castanho, se manifestou,...

Luciano Camargo conta que perdeu seguidores após se converter

O cantor Luciano Camargo, da dupla com Zezé, revelou...

Juíza que impediu aborto de criança estuprada deixa o caso em Santa Catarina

A juíza Joana Ribeiro Zimmer, que impediu que uma criança...

Criança estuprada grávida de 7 meses tem aborto negado

A Justiça de Santa Catarina negou que uma criança,...
spot_img

O novo desenho da Disney, Lightyear – derivado da franquia Toy Story – foi banido em pelo menos 14 países do Oriente Médio e Ásia. O motivo é uma cena em que a personagem A

Alisha é um patrulheira espacial, amiga de Buzz Lightyear, que se casa com outra mulher no longa, com quem tem sequências de casal. Executivos da Disney já haviam retirado a cena do beijo lésbico do filme, mas funcionários protestaram tornando a ação pública.

De acordo com a alegação, em março, executivos da empresa haviam solicitado cortes de “quase todos os momentos de demonstrações de afeto gay”. Sendo assim, a polêmica cena foi reinserida.

– Sempre pretendemos que esse relacionamento estivesse lá – disse Angus MacLane, diretor da produção, ao site Yahoo Entertainment.

De acordo com informações da revista Variety, a Pixar, que faz parte do conglomerado de produtoras da Disney, não chegou a submeter o desenho à censura da Arábia Saudita, pois sabe que lá a produção não seria aprovada.

A China – um dos maiores mercados cinematográficos do mundo -, manteve o lançamento de Lightyear na sua integralidade, nesta sexta-feira (17). No Brasil, a estreia também está mantida, para a mesma data.

Dentre os países que vetaram a exibição do longa estão Indonésia, Egito, Líbano, Kuwait e Emirados Árabes Unidos.

Últimas Notinias

spot_img