10 de agosto de 2022
HomeMSMarquinho Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel estão empatados tecnicamente, aponta PercentBrasil

Marquinho Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel estão empatados tecnicamente, aponta PercentBrasil

Relacionados

spot_img

Fonte:ofatonews>  Pesquisa realizada pela empresa PercentBrasil ouviu 600 eleitores entre os dias 6 a 10 de junho; margem de erro do estudo é de 4,0%

A primeira pesquisa de opinião pública realizada pela empresa PercentBrasil, em Campo Grande no Mato Grosso do Sul, destaca a corrida acirrada entre três pré-candidatos para o Governo do Estado nas eleições de 2022.

Na pergunta espontânea, quando o eleitor responde em quem pretende votar sem que os nomes sejam apresentados, o ex-prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) lidera no ranking com 13,3%, colado na retaguarda o ex-governador de MS, André Puccinelli (MDB) com 13,0% e pouco a baixo o ex-secretário de Habitação e Infraestrutura, Eduardo Riedel (PSDB) com 11,7%.

Na sequência, aparecem o deputado estadual Capitão Contar (PRTB) com 6,2%, deputada federal licenciada Rose Modesto (União Brasil) com 4,2%, Gisele Marques (PT) com 1,3% e Zeca do PT (PT) com 0,5%.

ESPONTANEA MS JUNHO

Os votos nulos e em branco somam 2,3%, os eleitores indecisos com 45,0% e eleitores que não responderam com 2,5% (confira gráfico abaixo).

Modalidade Estimulada

Na modalidade estimulada, quando o entrevistado responde a preferência pelo candidato, com os nomes divulgados na lista de opções, os três primeiros pré-candidatos ao Governo de Mato Grosso do Sul estão tecnicamente empatados, ex-prefeito da Capital Campo Grande, Marquinhos Trad continua liderando com 21,8% das intenções de votos pela preferência do eleitor para pré-candidato ao Governo do Estado, logo na sequência, André Puccinelli com 20,7% e seguindo com 15,8% Eduardo Riedel.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE WHATSAPP PARA RECEBER INFORMAÇÕES DIÁRIAS DE MATO GROSSO DO SUL.

Em 4º lugar, com 13,0% o Capitão Contar, com 8,0% Rose Modesto, com 4,3% Zeca do PT, com 2,2% Gisele Marques. Os votos nulos e em branco somam 2,8%, os eleitores indecisos com 8,3% e eleitores que não responderam com 3,0%.

ESTIMULADA MS 01

Rejeição

Pela modalidade de rejeição, onde o eleitor não votaria de jeito nenhum nos candidatos citados os pré-candidatos Riedel, Rose Modesto e Giselle Marques são os menos rejeitados pelo eleitor.

Em compensação, pela opinião do eleitor os ex-governadores de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT e  André Puccinelli são os que lideram o índice de rejeitados com 32,8% e 21,7%, respectivamente.

O ex-prefeito da Capital, Marquinhos Trad com 13,7%, o deputado Capitão Contar com 7,5% e seguida com 4,7% ficou Eduardo RiedelRose Modesto com 3,5% e por último a advogada Giselle Marques com 1,3% de rejeição.

Os votos dos eleitores que não responderam somam 3,8%, os eleitores não souberam com 5,3% e não rejeitam ninguém com 5,7%.

REJEIÇÃO MS JUNHO 2022

“O cenário eleitoral em Campo Grande como em todo estado está muito acirrado entre os três primeiros colocados. Na capital, Marquinhos Trad, tem a vantagem de sair da prefeitura com uma gestão acima da média, o que é refletido nas cidades polos do estado, já André Puccinelli, como ex-governador, tem seu legado de obras realizadas quando governador entre 2007 a 2015. O pré-candidato Eduardo Riedel, tem a transferência de votos do atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), que vem revolucionando Mato Grosso do Sul com obras e serviços prestados em 71 municípios. Sendo assim, todos tem grandes possibilidades de ganhar capilaridade nessa corrida eleitoral” analisa Ronye Steffan – Pesquisador das áreas política e Eleitoral.

Ofatonews

RONYE PERCENT

Ronye Steffan Rosa Índio – Diretor da PercentBrasil

Metodologia

PercentBrasil aplicou a técnica survey de opinião, entrevistando 600 pessoas por telefone em Campo Grande (MS). A coleta de dados se deu entre os dias 6 de junho a 10 de junho.

O intervalo de confiança é de 95%, com margem de erro de 4,0% para mais ou para menos.

Como determina a legislação eleitoral em vigor, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), com os números MS-08945/2022 e BR-01275/2022.

Fonte:ofatonews

Últimas Notinias

spot_img