2 de julho de 2022
HomeDestaqueBolsonaro quer CPI para apurar gestão da Petrobras: 'Inconcebível reajuste com lucros...

Bolsonaro quer CPI para apurar gestão da Petrobras: ‘Inconcebível reajuste com lucros exorbitantes’

Relacionados

Câmara de Mundo Novo aprovou LDO (Lei de Diretrizes Orçamentarias) e mais dois projetos

Os vereadores mundonovenses aprovaram na noite desta segunda-feira 27,...

Homem comete suicídio após encontrar filho morto em carro

Um homem de 37 anos da Virgínia, nos Estados...

Bolsonaro leva Tereza Cristina para passeio em motociata

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou de motociata nesta...

Produtor rural de Nova América denuncia furto e abate de suínos

O produtor rural Fabrício Ortoncelli (44) procurou nesta quarta-feira...
spot_img

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (17) que vai propor a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar irregularidades na gestão da Petrobras. A declaração foi dada no mesmo dia em que a estatal anunciou um novo reajuste no preço dos combustíveis.

“Eu conversei agora, há poucos minutos, com o Arthur Lira [presidente da Câmara dos Deputados]. Ele está nesse momento reunido com líderes partidários, e a ideia nossa é propor uma CPI para investigar o presidente da Petrobras, os seus diretores e também o conselho administrativo e fiscal”, disse Bolsonaro durante entrevista a uma emissora de rádio de Natal, no Rio Grande do Norte.

“Porque nós queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles. Porque é inconcebível se conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes que a Petrobras está tendo”, prosseguiu.

A estatal anunciou que vai reajustar o preço da gasolina e do diesel para as distribuidoras a partir deste sábado (18). Com a atualização, o preço médio de venda da gasolina passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro – alta de 5,2%. O valor do diesel subirá 14,3%, passando de R$ 4,91 para R$ 5,61 o litro.

Com a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço para os motoristas passará de R$ 2,81, em média, para R$ 2,96 a cada litro vendido nos postos. É o primeiro reajuste do combustível em 99 dias.

“A coisa mais importante é trocar o presidente e os diretores da Petrobras. Esperamos poder conseguir fazer isso nos próximos dias porque não depende de uma canetada do ministro, tem que negociar com o conselho, uma coisa inconcebível. Quando acontece alguma coisa de errado na Petrobras, botam a conta em mim e no ministro das Minas e Energia. Hoje nós não temos condições de interferir nessas questões da Petrobras. A CPI é o caminho”, afirmou Bolsonaro.

‘Traição’
O presidente Bolsonaro afirmou que os gestores da Petrobras traem o povo brasileiro no momento de uma crise que não foi causada pelo Brasil, que é fruto da guerra entre Rússia e Ucrânia. “É traição para com o povo brasileiro. Então o presidente da Petrobras, seus diretores e seu conselho traíram o povo brasileiro. O lucro da Petrobras é uma coisa que ninguém consegue entender. É algo estúpido”, disse.

Bolsonaro afirmou que a empresa não respeita o que está previsto na Lei de Estatais ao não cumprir sua função social e não pensar no bem-estar da população. O mandatário também mencionou o lucro de R$ 44,5 bilhões da empresa, registrado no primeiro trimestre deste ano.

“Ela lucra seis vezes mais que a média das petroleiras de todo o mundo. As petroleiras fora do Brasil reduziram margem de lucro justamente para atender os anseios da sua população num momento de crise. Porque isso tudo é fruto de uma guerra longe do Brasil”, disse.

Caos
Nesta manhã, Bolsonaro afirmou que a Petrobras “pode mergulhar o Brasil num caos” com o aumento no preço dos combustíveis. A declaração foi dada pelas redes sociais no mesmo dia em que a estatal anunciou o reajuste.

“A Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos. Seus presidente, diretores e conselheiros bem sabem do que aconteceu com a greve dos caminhoneiros em 2018 e as consequências nefastas para a economia do Brasil e a vida do nosso povo”, disse Bolsonaro.

Últimas Notinias

spot_img