2 de julho de 2022
HomeDestaquePrefeitura de Caarapó incentiva a produção agrícola em comunidades indígenas do município

Prefeitura de Caarapó incentiva a produção agrícola em comunidades indígenas do município

Relacionados

Zé Neto anuncia volta aos palcos: “Glória a Deus”

Nesta quarta-feira (29), o cantor Zé Neto, dupla de...

Câmara de Mundo Novo aprovou LDO (Lei de Diretrizes Orçamentarias) e mais dois projetos

Os vereadores mundonovenses aprovaram na noite desta segunda-feira 27,...

Marquinho Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel estão empatados tecnicamente, aponta PercentBrasil

Fonte:ofatonews>  Pesquisa realizada pela empresa PercentBrasil ouviu 600 eleitores...
spot_img

A prefeitura de Caarapó vai entregar para as comunidades indígenas das aldeias Te’yikue e Guiraroka óleo diesel e 780 toneladas de calcário, além de contribuir com a manutenção mecânica da patrulha mecanizada dos agricultores familiares das localidades. O benefício é do Programa de Apoio às Comunidades Indígenas de Mato Grosso do Sul (PROACIN), coordenado pela Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), vinculada à Secretaria de Estado da Produção, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar (Semagro).

Em Caarapó, as ações serão coordenadas pela Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Agricultura Familiar, com o objetivo de fomentar a produção agrícola de subsistência entre a população indígena. “É uma forma de incentivar a produção, gerando qualidade de vida e segurança alimentar”, disse o prefeito André Nezzi.

Idealizado pela equipe da Agraer junto à subsecretária de Políticas Indígenas da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), o Proacin foi criado no ano de 2015 e lançado oficialmente em 2016. O programa tem a missão de atender 15 mil famílias indígenas que formam 72 aldeias espalhadas pelo Estado, segundo publicação do portal MS.gov.

Segundo publicação oficial do Governo MS, promover a inclusão social dos indígenas, garantindo acesso a produção e renda nas aldeias, um antigo sonho destas comunidades, é um dos objetivos do Governo do Estado, que está fazendo, por meio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), vinculada à Semagro (Secretaria de Estado da Produção, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar), a entrega de calcário nas aldeias para melhorar a produção local, fazendo a correção do solo para o cultivo de feijão, milho e mandioca, entre outros. Estão sendo investidos R$ 5,3 milhões nesta ação, que vai beneficiar aldeias de 26 municípios com a entrega de aproximadamente 15 mil toneladas do produto.

Últimas Notinias

spot_img