18 de setembro de 2021

PSL nacional arquiva pedido de punição contra Coronel David

Author

Categories

Share

Com malas prontas para deixar o PSL sem riscos, o deputado estadual Coronel David afirmou nesta quarta-feira (5) que o diretório nacional do partido recusou pedido de punição contra ele, apresentado em 2019 pela executiva de Mato Grosso do Sul.

Comandada no Estado pela senadora Soraya Thronicke, a sigla acionou a Comissão de Ética do PSL em âmbito nacional. Na ocasião, alegou que Coronel David agiu contrário ao partido por ter votado à favor de homenagem ao ex-senador Delcídio do Amaral, hoje no PTB, e também por ter dado votos a projetos de leis diferentes do deputado Renan Contar (PSL), na Assembleia Legislativa. “Eu não sou capacho de ninguém”, disse em um momento da entrevista.

Com o papel em mãos, o parlamentar acusado pelo PSL em MS afirmou que o Conselho de Ética se posicionou contrário ao andamento da representação, alegando que seria competência do partido no Estado. “Eu sempre agi com correção, defendendo aquilo que julgava pertinente. O que falaram sobre mim virou um monte de coisa, para mim fofoca que colocaram no papel, e não foram competentes para colocar provas que pudessem, de alguma forma, me prejudicar”.

Enquanto isso, Coronel David também aguarda decisão do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de MS) sobre o pedido para deixar o PSL sem correr o risco de perder o mandato. Ele acredita que a resposta saia em até 30 dias.

Author

Share