4 de julho de 2022
HomeGeralGoverno do MS vai declarar emergência por causa das queimadas no Estado

Governo do MS vai declarar emergência por causa das queimadas no Estado

Relacionados

Câmara de Mundo Novo aprovou LDO (Lei de Diretrizes Orçamentarias) e mais dois projetos

Os vereadores mundonovenses aprovaram na noite desta segunda-feira 27,...

Marquinho Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel estão empatados tecnicamente, aponta PercentBrasil

Fonte:ofatonews>  Pesquisa realizada pela empresa PercentBrasil ouviu 600 eleitores...

Homem comete suicídio após encontrar filho morto em carro

Um homem de 37 anos da Virgínia, nos Estados...
spot_img

O Governo de Mato Grosso do Sul vai declarar situação de emergência devido ao aumento considerável de queimadas registradas no Estado. A medida vai ser oficializada no Diário Oficial de quinta-feira (12), de acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul), Jaime Verruck, que faz coletiva de imprensa nesta manhã para falar sobre a situação.

Um documento com os números de incêndios foi enviado ao Ministério de Integração Regional pedindo a destinação de aeronaves para o combate dos focos.

Relatório divulgado pela Cedec (Coordenadoria de Defesa Civil de MS), aponta que mais de 1 milhão de hectares de vegetação foi destruída pelas queimadas, no período de 1º de agosto a 9 de setembro deste ano. Os focos de calor continuam intensos, devido a prolongada estiagem, com maior concentração no Pantanal e na Serra da Bodoquena.

A situação também foi comentada por deputados estaduais na Assembleia Legislativa. Uma reunião “entre hoje e amanhã” com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai debater esse e outros assuntos, afirmou o deputado Márcio Fernandes (MDB).

Para o parlamentar, o governo federal precisa enviar recursos financeiros, mas também apoio estrutural para resolver as consequências das queimadas. Neno Razuk (PTB) diz que o Pantanal não está sendo lembrado, meio às preocupações sobre a Amazônia. Ele afirma que vai acionar a Comissão de Meio Ambiente da Casa de Leis para poder discutir a questão.

Segundo Coronel David (PSL), a despeito da observação dos colegas, a União sempre ajudou Mato Grosso do Sul no combate às queimadas. Entre 2000 e 2002, quando comandou a Polícia Militar, o governo federal enviou brigadistas, além de apoio do Exército e da Marinha. Agora, os estados do Nordeste estão sendo ajudados, afirma.

Últimas Notinias

spot_img