2 de julho de 2022
HomeDestaqueCoronel David consultará Bolsonaro sobre mudança de partido e disputa pela Prefeitura

Coronel David consultará Bolsonaro sobre mudança de partido e disputa pela Prefeitura

Relacionados

Câmara de Mundo Novo aprovou LDO (Lei de Diretrizes Orçamentarias) e mais dois projetos

Os vereadores mundonovenses aprovaram na noite desta segunda-feira 27,...

Homem comete suicídio após encontrar filho morto em carro

Um homem de 37 anos da Virgínia, nos Estados...

Bolsonaro leva Tereza Cristina para passeio em motociata

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou de motociata nesta...

Produtor rural de Nova América denuncia furto e abate de suínos

O produtor rural Fabrício Ortoncelli (44) procurou nesta quarta-feira...
spot_img

Sondado pelo PP para disputar a Prefeitura de Campo Grande em 2020, o deputado estadual Coronel David (PSL) afirma que outros partidos também fizeram convites e ofereceram a possibilidade de participar do pleito pelo Paço Municipal da Capital no ano que vem.

Além dos Progressistas, David informou que teve conversas com o DEM, PTB, e tem reunião marcada na próxima semana com o comando regional do MDB. O parlamentar, porém, deve conversar com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) para decidir qual rumo partidário irá tomar.

“Todos que conversaram comigo me ofereceram a possibilidade de disputar a Prefeitura, porém a decisão depende do Bolsonaro”, afirmou David, que iria se encontrar com o presidente da República nesta quarta-feira (11), mas o chefe do Palácio do Planalto passou por cirurgia e a agenda deve ser remarcada.

A saída de David da bancada do PSL na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul é dada como certa por causa de atritos com a presidente regional da sigla, a senadora Soraya Thronicke, algo que, segundo ele, poderia ter sido tratado internamente, mas acabou sendo exposto pela congressista.

O deputado faz questão de destacar sua lealdade a Jair Bolsonaro, com quem tem uma “relação antiga”, e credita sua vitória e de colegas correligionários nas eleições de 2018 ao apoio do presidente da República.

Últimas Notinias

spot_img