16 de junho de 2021

Pastor é acusado de importuno sexual em Amambai

Author

Categories

Share



A Polícia Civil de Amambai registrou um caso de importuno sexual envolvendo um pastor evangélico do município.

O primeiro deles aconteceu no dia 30 de janeiro pela manhã, quando a vítima, uma mulher de 41 anos, se dirigia ao trabalho quando ao passar por uma igreja evangélica do município, foi abordada por um homem que se dizia pastor.

O acusado então se ofereceu para realizar uma oração pela mulher, mas para isso, ela precisaria entrar em sua igreja. Como a vítima estava sentido dores, resolveu aceitar e entrou com o homem no templo religioso. No momento da oração o pastor pediu que ela indicasse onde doía e pediu também que a mulher levantasse a blusa. Ao fazer isso, o homem então se encostou na vítima e introduziu um dedo em seu órgão genital.

Apavorada, a mulher saiu correndo da igreja e o homem a seguiu dizendo que não era para ela contar a ninguém o que tinha ocorrido. A mulher então procurou a polícia para fazer a denúncia. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi intimado a prestar esclarecimentos e confessou o ato, alegando que agiu em um momento de fraqueza.

O pastor, que é recém chegado em Amambai, então foi indiciado por violação sexual mediante fralde, mas teve o pedido de prisão preventiva negada. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público para serem adotadas as medidas cabíveis.

Amambainoticias

Author

Share