16 de junho de 2021

Balbi e Marquinhos resolvem, Flamengo bate fácil Austin Spurs e faz final do Mundial

Author

Categories

Share

No embalo de Franco Balbi, o Flamengo não tomou conhecimento do desfalcado Austin Spurs e está em mais uma final de Mundial. Nesta sexta-feira, na Arena Carioca 1, o anfitrião dominou o time americano, campeão da G-League mas com apenas dez jogadores no Rio de Janeiro, venceu por 90 a 58 com grande atuação do armador argentino, e vai encarar o grego AEK na briga pela taça que representaria o bicampeonato para os brasileiros. A decisão será no domingo, às 18h, com transmissão do SporTV. Mais cedo, às 15h, haverá a disputa de terceiro lugar entre Austin Spurs e San Lorenzo.

Franco Balbi jogou demais pelo Flamengo — Foto: Divulgação/Flamengo

Franco Balbi jogou demais pelo Flamengo — Foto: Divulgação/Flamengo

Inspirado, Balbi terminou o primeiro tempo com 19 pontos e cinco bolas de três, deixando o Flamengo com confortáveis 41 a 29 para os dois quartos seguintes. Ele ainda deu seis assistências. Anderson Varejão também foi bem na tábua, ajudando na defesa e pontuando no ataque. Terminou com nove pontos e seis rebotes. Marquinhos, sem se sobrecarregar, fez 17 pontos e quatro assistências. Deryk, vindo do banco, terminou com 14 pontos. O Flamengo terminou com 16 bolas de três pontos. No lado americano, Josh Huestis foi o cestinha com dez pontos. De Juan Blair, campeão da NBA pelos Spurs no passado, jogou apenas sete minutos e fez só três pontos.

Antes da partida, Flamengo e Austin Spurs homenagearam os dez meninos mortos na tragédia no Ninho do Urubu, na última sexta-feira. Houve um minuto de silêncio, os jogadores do Flamengo aqueceram usando camisas com o nome dos jogadores da base e o time americano levou à quadra camisas pretas dos Spurs com os sobrenomes dos jovens. O Flamengo também jogou com uma tarja preta nos uniformes, o que fará até o fim de 2019.

Balbi doutrina os americanos

Surpreendendo, Gustavo De Conti começou com Crescenzi no quinteto inicial do Flamengo. Com dupla nacionalidade, ele começou a carreira no basquete universitário dos EUA e está acostumado a enfrentar o estilo de jogo do Austin Spurs. O começo dos brasileiros, contudo, foi bem abaixo. Acelerando, os americanos campeões da G-League abriram 9 a 2 com três pontos de Demetri McCamey. Gustavinho parou o jogo. Na volta do tempo, o Flamengo acordou com quatro pontos de Anderson Varejão e bola de sete de Balbi, virando para 14 a 13 nos dois minutos finais do quarto. Marcando forte e com a mão quente de Balbi, os cariocas fecharam na frente por 20 a 15.

Author

Share